domingo, 25 de setembro de 2011


Você pode não acreditar e também não ler, mas estou deitada lendo umas coisas suas. Sou curiosa sim, sou totalmente sensível e também vou te enrolar pra chegar na hora e falar ‘sim’. Sou assim e eu não vou mudar. Não sei se as coisas que acontecem assim, são mesmo verdadeiras. Confesso que sei lá, de repente me deu vontade de chorar lendo essas tuas coisas. Sei lá, mas eu sou uma besta eu sei, mas só eu sei o que eu passei com você e consegui perdoar tudo e agora quase chorar por ver coisas suas com outro nome que não é meu. Se eu pudesse eu olharia nos teus olhos e iria dizer tudo isso, mas sabe a insegurança? Pois é, eu sinto isso. Só queria te perguntar, se você realmente me ama?

E vai haver uma hora em que quando você me quiser, eu não estarei mais lá.

Catarina: E quando o amor acaba? 
Guilherme: Na minha opinião o amor é a única coisa que nunca acaba. Ele se transforma, se desloca, mas ta sempre por aí. 

Garotas são assim, elas são do tipo que se vingam  por cada lágrima que você as faz derramar.

“Não importa quanto tempo passe, algo verdadeiro sempre irá permanecer.”

"Fico pensando, acabo não conseguindo dormir. Meus sonhos são todos sobre você. Talvez não seja assim uma boa ideia que sejam. Que vontade de cruzar esse mundo pra te encontrar. Que vontade de te abraçar e te contar que eu só dependo de você pra ser feliz. Que vontade de te ter, te abraçar, que vontade de te chamar de meu. São tantos os caminhos que eu já trilhei e em nenhum deles encontrei você. Talvez certo seria eu desistir. Estou perdida nessas ruas de solidão, me afogando em sofrimentos. Adormeço sem você, mas te desejo até o fim. Pelo menos em meus sonhos, não tão desejados, eu tenho o seu coração batendo por mim”

Quando eu sinto sua falta começo a olhar fotos suas. Começo a ler nossas mensagens e fico sorrindo a toa depois disso. Não preciso de mais nada pra ser feliz apenas ler suas mensagens e ouvir a sua voz. Cada dia que se passa sinto cada vez mais vontade de te ver e poder sentir seu abraço e seu beijo. Sei que esse dia vai chegar mas não consigo mais esperar. Espero cada ligação sua como se fosse a ultima. Fico tímida ao ouvir sua voz mas mesmo assim não quero desligar o telefone. Um dia sem falar com você passa devagar e eu sinto uma saudade terrível. Mesmo sem nunca ter te visto pessoalmente já sinto que você é a pessoa certa para mim.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011


[…]

... e essa tristeza toda,que eu já não sei de onde vem :X

Ia escrever sobre você de novo. Desisti.
Tenho perdido muito tempo com você.
Tenho perdido todo o meu tempo com você. 
Me perdi em você. Perdi você. Agora me perco por você. Perco todo meu tempo com você. 
As vezes perco meu tempo me perguntando se tudo isso é só perda de tempo. Será que você perde seu tempo comigo?
Isso não é sobre você. Isso é sobre eu tentando pensar em outras coisas.




Tenho amor incondicional pelas pessoas que entram em minha vida e sinceramente, não sei o quanto isso é bom nos dias atuais. Talvez esse seja meu pior defeito.
Cazuza



“… Daí ela se lembrou de como é ser forte. Ela enxugou suas lágrimas e sorriu. Sim, sorriu, porque ela sabe que algo melhor está por vir”
(Tati Bernardi)


”(…) Senti como se alguém tivesse arrancado o meu coração e lançado do outro lado do quarto. Senti uma dor lancinante me queimar o peito e não tinha a menor ideia do que fazer para aplacá-la. Uma coisa era aceitar que eu não podia ter. Outra coisa bem diferente era admitir que outra pessoa podia tê-lo.”
(Richelle Mead)


”- Eu adoro esta parte. A luz vai apagando devagarzinho. O mundo lá fora vai se apagando devagarzinho. Os olhos da gente vão se abrindo. Daqui a pouco a gente não vai nem mais lembrar que está aqui.
- Que tipo de história vai ser?
- Comédia romântica com aventura. Tem um mocinho namorador… que nunca se apaixonou por ninguém até conhecer a mocinha. Tem uma mocinha que vai sofrer bem muito… porque o amor do mocinho é cheio de problemas. Tem um bandido que só quer saber de matar o mocinho… ou de ficar com a mocinha ou as duas coisas. Tem uma mulher que também quer o mocinho… mas ele não quer nada com ela. E tem também mais uma ruma de personagens… que vão ficar fazendo graça para animar a história. Uns vão terminar quase tão bem quanto o mocinho e a mocinha… e outros quase tão mal quanto o bandido… conforme eles ajudem ou atrapalhem o romance.
- Você já viu?
- Não, mas é sempre assim.
- Qual é a graça?
- A graça não é saber o que acontece. É saber como acontece. E quando acontece. A gente vai conhecer um monte de pessoas novas… um monte de problemas que a gente não pode resolver, que só eles podem. Vamos ver como. E quando. Está começando!”
(Lisbela e o prisioneiro)



“A palavra engana. A palavra manda embora e o corpo pede um abraço.”

(Fabrício Carpinejar)

terça-feira, 12 de julho de 2011


“Trago esse sorriso por desobediência. Desobedeço a tristeza.”
(Vanessa Leonardi)




“Se você está sofrendo por causa de um amor perdido, eu tenho más notícias: não há nada que você possa fazer. E não há ninguém que possa ajudar. Na melhor das hipóteses, você vai ter um amigo paciente pra levá-lo a um bar e ouvir suas queixas e, eventualmente, buscar você em um bar e leva-lo pra casa com segurança, nos dias que você se comportar feito um bobo. Na verdade, até existe alguém capaz de curar sua dor, mas esse alguém não costuma ter pressa: ele se chama tempo…”
(Comercial do “Serenata de Amor”)

”(…) Uma mulher não perdoa uma única coisa no homem: que ele não ame com coragem.
Pode ter os maiores defeitos, atrasar-se para os compromissos, jogar futebol no sábado com os amigos, soltar gargalhada de hiena, pentear-se com franjinha, ter pêlos nas costas e no pescoço, usar palito de dente, trocar os talheres de um momento para outro. Qualquer coisa é admitida, menos que não ame com coragem.
… Amar como se não houvesse tempo de amar. Amar esquisito, de lado, ainda amar. Amar atrasado, com a respiração antecipando o beijo. Amar com fúria, com o recalque de não ter sido assim antes. Amar decidido, obcecado, como quem troca de identidade e parte a um longo exílio. Amar como quem volta de um longo exílio. (…)
Amar com coragem, só isso.”

(Fabrício Carpinejar)

quarta-feira, 6 de julho de 2011



               “Como se dá a alguém um pedaço do céu?"
                                Markus Zusak
Por que será que os idiotas são cheios de amigos?
Markus Zusak



Se você me odeia, entra na fila. ok?
Se você me ama, pensa bem. Talvez eu não mereça.


Mamãe diz : “O álcool é seu inimigo”
Jesus diz : “Amai os vossos inimigos”



Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é acionado, nem chega com hora marcada. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável. Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada “dois em um”: duas pessoas pensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto. Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas. Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém. 
John Lennon




” Chega um dia que a gente simplesmente muda, os sentimentos acabam e o coração faz novas escolhas.”

- Machado de Assis


As pessoas adoram dizer “você mudou”, mas não se importam em saber se você teve motivos para mudar. (Pretty Little Liars)


Às vezes gosto de ficar sozinha no meu canto, pensando. Mesmo que isso não me leve a nada, me faz bem. Nem sempre gosto de muitas pessoas me rodeando e perguntando como estou.
(Rafael Beker)

segunda-feira, 20 de junho de 2011

sábado, 4 de junho de 2011




“Eu gosto das pessoas pelo prazer de gostar e não porque deu tempo de gostar delas.”
          (Tati Bernardi)


Você só saberá realmente o que é o amor, quando lhe perguntarem sobre ele e você não pensar em uma definição, mas em um nome.  Bob Marley


NADA A COMENTAR !

Dói muito querer abraçar alguém que não está perto de você.

=)




É incrível não acha? Como o amor faz você enxergar apenas uma pessoa no meio de tantas.
Camila Fernandes.

domingo, 15 de maio de 2011



Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo.

Oscar Wild

sexta-feira, 13 de maio de 2011




Deixa de ser bobo 
Isso aqui é pra você. Minhas palavras, meus pensamentos e todo o resto que eu despejo aqui ou que eu deixo guardado. Sim, eu guardo muito só pra você... Mas será que eu vou ter que escrever em negrito, itálico e sublinhado tudo ao mesmo tempo pra você ler e entender que eu gosto é de você? Que eu escrevo, ando, sonho, quero, vou, suspiro por/com/para você? Deixa de ser bobo. O meu coração eu sempre vou saber onde está. Com você, seu bobo..

quarta-feira, 11 de maio de 2011



Amor é quando alguém te magoa, e você mesmo muito magoado não grita porque sabe que isso fere seus sentimentos.
- Samantha, 6 anos.

terça-feira, 10 de maio de 2011



Quem disse que é preciso demonstrar para se sentir?

NECESSITO DE UM ASSIM *-*



Não sei muito bem como começar esse texto, mas enfim. Eu queria falar sobre um garoto. Que eu não converso muito… não nos conhecemos… e moramos bem longe um do outro. Mas ele tem o dom de fazer as garotas se sentirem bem, elogiando, sendo educado e me deixando muito, mas muito feliz. Não somos amigos (mas bem que eu gostaria) ele é aquele menino que toda garota sonha em ter. Ele surpreende cada vez mais com suas palavras, sabendo o que falar em cada situação, não sei porque mas eu sinto ciúmes dele, ele tem o dom de conquista. Ele elogia as garotas, fazendo que se sintam bem, por uma tela eu sorrio com o que ele me fala. Pra mim, ele é perfeito, é aquele menino que toda pessoa sonha em casar, e estar do lado todos os segundos da vida. O nome dele é ...   :$

Sabe aquele momento que voce quer desistir de tudo pra ver se sente melhor? Pois é, eu estou no momento que nem desistir ajuda.



O amor finge ser forte, mas na verdade é mais frágil que as asas de uma borboleta. Simplesmente, tem um momento que ele se despedaça, mas no fim sempre tem um motivo especial. 



Eu queria poder não me sentir um desperdício de espaço, não queria sentir um vazio venenoso que vai me corroendo por dentro e me magoando. Tudo isso é muito forte, mas não é mais forte que o meu medo de perder a unica pessoa que pode me ajudar com apenas uma palavra ou abraço, você.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

time passes ...


Mesmo quando isso parece impossível. Mesmo quando cada batida do ponteiro dos segundos dói como o sangue pulsando sob uma ferida. Passa de modo inconstante, com guinadas estranhas e calmarias arrastadas, mas passa. Até para mim.

sexta-feira, 29 de abril de 2011





O que fazer quando a pessoa que te faz sofrer, é a única que pode te fazer feliz?'

quarta-feira, 27 de abril de 2011

you..






Não tem mais bochechas fofas, não é mais a queridinha da vovó, não é mais a princesinha do papai e até o pobre do bicho papão te abandona. Você perde os amigos imaginários, não vive mais cercada de pessoas que sorriem pra ti, que querem te mimar e fazer tuas vontades. Você não pode mais simplesmente chorar pra não ir à escola, não pode mais morder as professoras quando se irrita e nem ser mau educada e dar desculpas de que é muito criança pra entender que certas palavras magoam. Ninguém mais limpa suas lágrimas e te põe pra dormir dando beijinho na testa. Você perde todas as regalias e passa a ser responsável pelo que cativou. Você não brinca mais de boneca, você não tem mais elas pra destruir e pintar cabelos. Todos os seus lápis de cera e brinquedos sumiram e deram lugar a grandes e grossos livros. Você cresce, você ERRA, você APRENDE, você ganha e você PERDE...
 G.M